Bolsonaro chega a 30% em pesquisa

Bolsonaro chega a 30% em pesquisa

A primeira pesquisa divulgada depois do atentado contra Jair Bolsonaro, a terceira da série da FSB para o banco BTG, mostra Jair Bolsonaro pela primeira vez com 30% das intenções de voto. Foi um crescimento de 4 pontos percentuais desde a segunda-feira anterior. Na espontânea, o candidato do PSL foi de 21% para 26%. Nessa sondagem sem cenários apresentados chama a atenção também a queda acentuada dos que citam Lula: eram 21% há uma semana e agora são 12%.

Além de Bolsonaro, a pesquisa tem boas notícias para Ciro Gomes, que se manteve estável com 12% na estimulada, mas saltou de 4% para 7% na espontânea, e para Fernando Haddad, que oscilou 2 pontos na estimulada, indo a 8% e empatando numericamente com Geraldo Alckmin, que se manteve estável. Marina Silva foi a única do primeiro pelotão que caiu: de 11% há uma semana, foi a 8%.

Para os tucanos, a eleição segue indefinida integrantes do comando da campanha de Geraldo Alckmin avaliam que a disputa pelo Planalto ainda está distante de uma definição, apesar da aparente consolidação de Jair Bolsonaro na primeira colocação nas pesquisas.  tucanos acham que é preciso aguardar pelo menos mais uma semana para saber o potencial de crescimento de Alckmin que pode ser produzido pela sua propaganda eleitoral, que é muito mais extensa do que a dos adversários. Mas reconhecem que o tempo para crescer está acabando.

Deixe seu comentário

Add Comment