Disney batiza serviço de streaming que vai rivalizar com a Netflix

Disney batiza serviço de streaming que vai rivalizar com a Netflix

Há já algum tempo que se fala sobre o serviço de streaming da Disney, mas sempre sem grandes pormenores ou um nome oficial. Agora, a Netflix já pode chamar pelo nome aquele que será o seu próximo concorrente: Disney Play.

Pelo menos é essa a denominação que é avançada pela revista Variety, que vai mais longe e dá até um tom ameaçador a uma possível rivalidade entre a Disney e a Netflix. O nome pode não pautar pela originalidade, é certo, mas a verdade é que vai tirar mais uns quantos produtos do catálogo da Netflix.

A Netflix disponibiliza títulos no seu catálogo como ‘The Incredibles’, ‘À Procura de Dory’ ou ‘Zootrópolis’, por exemplo. No catálogo nota-se também a presença de ‘Rogue One’, da saga Star Wars, como resultado da compra da Lucasfilm, em 2012, por 4 mil milhões de dólares (3,4 mil milhões de euros), que deixa a saga na alçada da Disney. A juntar-se a isto, a Netflix aposta também forte nos títulos do universo Marvel, como Doutor Estranho, Guardiões da Galáxia ou Vingadores.

E é justamente quando se fala em universo Marvel que o futuro da Netflix pode ficar difícil: a Disney é dona da Marvel Studios, que nos últimos anos tem abastecido os originais da Netflix com os universos para várias séries de super-heróis.

A título de exemplo, veja-se ‘O Justiceiro’, ‘Luke Cage’, ‘Jessica Jones’ ou ‘Punho de Ferro’. Sendo que são originais da Netflix, por enquanto sabe-se que as séries da Marvel continuarão no catálogo da Netflix, mesmo quando o serviço de streaming da Disney arrancar, algures em 2019.

Por enquanto, ainda não são conhecidos pormenores sobre o Disney Play, nomeadamente preços ou conteúdos criados para arrancar com o serviço.

A título de curiosidade, também a DC vai apostar em um serviço de streaming, chamado DC Universe, que terá como intuito juntar em um único set, filmes, séries e ainda banda desenhada da DC, que chegará  durante o outono. A empresa fez o anúncio durante a convenção Comic Con, em Los Angeles, referindo também que terá uma mensalidade de 7,99 dólares por mês (cerca de 7 euros) – ou 75 dólares por ano (cerca de 64 euros).

Deixe seu comentário

Add Comment