Sem dinheiro para viajar? Destinos brasileiros que cabem no seu bolso.

Sem dinheiro para viajar? Destinos brasileiros que cabem no seu bolso.

Quem não ama viajar? Nós, brasileiros, temos uma paixão especial por arrumar as malas nos finais de semana e sair por ai nas estradas da vida. Feriado prolongado então?

Mas, como em qualquer viagem, é preciso planejar os gastos para não surgir problemas financeiros. Pesquisando direitinho fica mais fácil de encontrar boas saídas para poupar dinheiro e conhecer lugares incríveis. Uma das alternativas é procurar os lugares com um bom custo-benefício e que são tão legais quanto os mais caros.

Se por um lado, listar os destinos baratos no Brasil para visitar nas férias pode ser uma tarefa quase infinita, por outro vem a boa notícia de que não faltam lugares incríveis para explorar no país. De parques nacionais a praias paradisíacas, de centros urbanos culturais a cidades históricas.

Cobrindo de norte a sul do Brasil, do Pará ao Rio Grande do Sul, esta lista contempla alguns destinos imperdíveis para se conhecer no nosso país continental sem sofrer com a alta do dólar. No entanto, há de se reconhecer que o conceito de barato ou caro é relativo de pessoa para pessoa e que os passeios ficarão mais salgados ou mais econômicos a depender do estilo de viagem de cada um. Há também que se levar em conta a época da viagem, pois, é claro que, durante o pico da alta temporada, todos os preços vão subir.

Para isso, reunimos nesse post alguns destinos famosos no Brasil – ou não tão famosos assim – que são super interessantes, ricos em cultura, belezas e atrações, e que cabem no seu bolso! Agora não tem mais desculpa, arruma essa mala e bora viajar!

  • Cabo Frio (RJ)

Cabo Frio é uma cidade de praia do litoral do Rio de Janeiro, localizada na região conhecida como Região dos Lagos.

Próxima de Búzios e Arraial do Cabo, Cabo Frio é um destino que deve ser visitado fora de temporada. A cidade vem crescendo em popularidade, e em épocas mais procuradas, como em feriados prolongados, fica super cheia, e os preços ficam bem diferentes de outras épocas do ano.

Fora de temporada, no entanto, a cidade é uma tranqüilidade só. Dá pra aproveitar os pontos turísticos, as praias e gastar cerca de um terço com gastos fixos como hospedagem e alimentação do que se gastaria em épocas mais movimentadas.

Aproveita que está na região dos Lagos e estenda a sua visita aBúzios e Arraial, que ficam coladinhas em Cabo Frio, coisa de 20 minutos de carro, mesmo.

Arraial do Cabo, conhecida como o “Caribe Brasileiro”, é famosa por suas praias paradisíacas, como a praia do Farol, já considerada a praia mais bonita do Brasil.

Uma certeza é que as águas transparentes e as areias branquinhas de Cabo Frio são de deixar qualquer um apaixonado, e querendo votar!

  • Chapada dos Guimarães (MT)

A Chapada dos Guimarães é uma das mais fáceis de chegar dentre as principais chapadas do país. A cerca de 75 km do aeroporto da capital Cuiabá, a chapada tem seus passeios acessíveis para quem está de carro ou contrata agências de ecoturismo.

Além das cachoeiras onde se pode tomar banhos refrescantes, o local conta com circuitos guiados dentro do Parque Nacional, com diversas opções de trilhas e chegadas a mirantes com vistas deslumbrantes. Há ainda a opção de fazer passeios mais aventureiros, incluindo travessias em caiaques infláveis, tirolesa, arvorismo, rapel e cavalgadas.

  • Guarapari (ES)

A cidade de Guarapari, no litoral do Espírito Santo, é um paraíso para quem gosta de curtir um visual maravilhoso, mas ao mesmo tempo economizar na viagem.

Com praias lindas e diversas opções de lazer, principalmente a noite, Guarapari se tornou referência regional, e mesmo nacional, e destino certo de muitos brasileiros em épocas de grande movimento, como o Carnaval e o Ano Novo.

Outra opção para evitar o movimento é viajar fora de temporada, quando a praia fica tranqüila, e se pode aproveitar a infraestrutura da cidade ao máximo, com os quiosques a beira mar e as águas limpinhas.

Uma atração muito comum da cidade é o mergulho. Por ser um local com litoral rico em fauna e flora submarina, diversas agências oferecem opção de passeios com mergulho recreativo por ótimos preços, principalmente fora de temporada.

Imperdível em Guarapari, e em todo o Espírito Santo, na verdade, é a culinária. As iguarias capixabas são incomparáveis, baseadas em frutos do mar, e é difícil não agradar aos mais exigentes paladares. Afinal, a moqueca capixaba é prato de chefe de cozinha cinco estrelas!

  • Bento Gonçalves (RS)

Por concentrar uma intensa atividade vitivinícola, Bento Gonçalves foi declarada capital brasileira do vinho, um destino repleto de roteiros por onde os primeiros imigrantes italianos iniciaram o cultivo da uva.

Mas não é só de vinho que vive Bento Gonçalves, o destino oferece 5 roteiros turísticos pelo interior do município: Caminhos de Pedra, Vale dos Vinhedos, Cantinas Históricas, Vale do Rio das Antas e Encantos de Eulália. Além dos roteiros Bento conta com algumas atrações históricas na cidade, um parque de aventuras, e o clássico e animado passeio de Maria Fumaça.

A rota do Vale dos Vinhedos é um charme, repleta de vinícolas e vinhedos de alto padrão, emoldurando belos cenários entre as colinas e o vale.

Bento pode ser visitada em qualquer época do ano, mas as paisagens estão mais lindas entre setembro e abril, especialmente entre o final de janeiro e início de março, época da colheita da uva.

  • Guarda do Embaú (SC)

A Guarda do Embaú merece um destaque especial, é considerada uma das 10 mais belas praias do Brasil e você pode ter certeza que é. A praia é longa de areias claras e finas, as ondas quebram na boca do Rio da Madre, o acesso à praia é pelo rio, nadando ou de canoa. Existe uma pequena praia no canto Norte que pode ser alcançada por uma trilha , sem a necessidade de atravessar o rio.

Está localizada dentro do município de Palhoça, 50 Km ao Sul de Florianópolis, e o acesso é feito pela estrada da Pinheira. Toda esta região fica ao lado do Parque Estadual Serra do Tabuleiro, uma grande área preservada.

O lugar, muito tranquilo e simples, é um pequeno vilarejo que conta com algumas pousadas, casas de aluguel, restaurantes , padaria e uma pizzaria onde pode-se comer bem e tomar uma cerveja à noite. No verão tudo fica meio lotado.

  • Foz do Iguaçú (PR)

Um dos principais destinos turísticos do mundo, Foz do Iguaçu é mais conhecida pela beleza emocionante das Cataratas, que podem ser observadas tanto do Brasil, quanto da Argentina. A cidade ainda faz fronteira com o Paraguai, oferecendo outro tipo de atividade turística: a de compras.

Bem próximo das Cataratas do lado brasileiro, há o Parque das Aves, com centenas de espécies típicas da Mata Atlântica. O lado argentino conta com a Garganta do Diabo, uma queda magnífica, e ainda oferece muitas trilhas e cachoeiras belíssimas. Outros passeios que valem a pena são a visita à Hidrelétrica de Itaipu e à cidade argentina fronteiriça de Puerto Iguazú, que tem restaurantes, feirinhas populares e vida noturna agitada.

  • São João Del Rei (MG)
A terra de Tiradentes e Tancredo Neves é repleta de atrações histórica, culturais e gastronômicas

Dentre as cidades históricas de Minas Gerais, São João del Rei é uma das mais charmosas e tem destaque entre os destinos baratos no Brasil. Famosa por ser berço de nomes como Tancredo Neves e Tiradentes, é repleta de igrejas e capelas, algumas ainda adornadas em ouro. Alie a história com o melhor da gastronomia mineira em um dos tantos restaurantes acessíveis da cidade. Dica: a cidade é conectada com Tiradentes por meio de um simpático passeio de maria-fumaça que vale a pena ser incluído no seu roteiro de viagem!

  • João Pessoa (PB)

João Pessoa é uma cidade pequena no estado da Paraíba, que muitas vezes fica de fora dos grandes roteiros pelo Nordeste do país, mas que na verdade é um dos melhores destinos para se visitar na região.

Com praias agradáveis e belíssimas, menos movimentadas, a capital da Paraíba oferece opções de baixo custo para quem quer se maravilhar com as belezas do Nordeste sem precisar se endividar pelo resto do ano.

A maioria dos pontos turísticos da cidade é gratuita e/ou de fácil acesso, reduzindo muito os gastos com passeios e transporte.

Praias como Picãozinho, Tambaú, Jacaré e Cabo Branco são destinos muito procurados pelos banhistas, e para quem gosta de curtir um som à noite na beira da praia – principalmente se o forró é a sua onda.

Porém, a menor capital no Nordeste oferece muito mais do que praias, por mais bonitas que elas sejam. A cidade em si é linda, com muito verde. Diversos outros locais valem a visita valer a pena, como O Centro Cultural São Francisco, e diversos museus e pontos históricos, como o Farol do Cabo Branco – ponto mais oriental do Continente Americano.

 

  • Caldas Novas (GO)

Todos os anos, mais de um milhão de turistas visitam a pequena Caldas Novas. Eles chegam em busca das águas quentes do balneário, considerado a maior estância hidrotermal do mundo. Com temperaturas variando entre 30 e 57 graus, as centenas de piscinas dos hotéis e dos clubes atraem especialmente grupos da terceira idade e famílias com crianças, que lá encontram atividades recreativas e muita diversão dia e noite. Relaxar também faz parte do programa – quem resiste a uma banheira de hidromassagem ao ar livre com água bem quentinha?

Caldas Novas e a cidade vizinha Rio Quente formam a maior estância hidrotermal do mundo, com águas que são naturalmente de temperatura mais elevada, de cerca de 37ºC, e acredita-se que com propriedades medicinais e terapêuticas. A pequena cidade conta com uma variedade de hotéis, resorts e parques aquáticos para todos os gostos e estilos. Quem visita o local também deve ir ao Parque Estadual da Serra, uma área de proteção das nascentes das águas hidrotermais, que conta com cachoeiras, mirantes e trilhas.

Chegar a Caldas Novas não é difícil: além de a cidade possuir um aeroporto, ela está a cerca de 170 km de Goiânia.

 

 

Deixe seu comentário

Add Comment