Um dos maiores assaltante do estado está solto

Um dos maiores assaltante do estado está solto

Considerado um dos maiores assaltantes de banco e carro-forte do Rio Grande do Sul,  Jones Machado o “João Dedão” 46 anos, deixou o sistema prisional nesta sexta-feira (24). A informação foi confirmada pela Superintendência dos Serviços Penitenciários.

Machado estava há dois meses em regime fechado, quando foi preso por determinação judicial, em um processo que apura assalto a banco em Nova Hartz em 2015. No ataque, o assaltante trocou tiros com a polícia e foi preso após ser baleado em um dos braços.

Nesta sexta, além da liberdade, foi decidido que Jones não deve ir a julgamento pelo tribunal do júri. Ou seja, a Justiça entendeu que não houve tentativa de crime contra a vida (dos policiais) no ataque. Como o caso corre em segredo de Justiça, não foi possível apurar mais detalhes sobre a decisão.

A reportagem não conseguiu localizar os advogados de defesa de Machado.

 Histórico de crimes

Machado entrou na cadeia pela primeira vez em 1993 e foi condenado a penas que somam 35 anos por assaltos em Florianópolis (SC), Triunfo e Novo Hamburgo. Pertencia à quadrilha de Cláudio Adriano Ribeiro, o Papagaio. Em janeiro de 2002, escapou da Colônia Penal Agrícola, em Charqueadas, ficando foragido por mais de três anos. Com nome falso, vivia em São Paulo, até se entregar à Polícia Civil gaúcha em um shopping de Curitiba em abril de 2005.

Em novembro de 2009, foi para o semiaberto e, em setembro de 2011, ganhou liberdade condicional. Voltou a ser preso em abril de 2014, por conta de uma condenação de cinco anos pela Justiça de Blumenau (SC). Foi solto dias depois, com direito a apelar em liberdade.

Em 2015, acabou sendo preso novamente no assalto em Nova Hartz. No mesmo ano deixou a penitenciária de Charqueadas. Em 2016, voltou ao regime fechado após violar a tornozeleira eletrônica, mas voltou para as ruas menos de um ano depois.

Deixe seu comentário

Add Comment