A Távola Nepotista

Home A Távola Nepotista

Por | Marco Leite

Gotham é uma cidade muito próxima da pequena capital, ali um “edil” andou sendo preso por obrigar seus comandados a tirar empréstimos e repassar para ele as vultosas quantias, que seriam descontadas mensalmente pelo banco no modelo empréstimo consignado.

Aqui em Gotham também deve existir isso, e dizem que um repórter investigativo já anda pelas redondezas, é bom nossos membros da Távola Redonda ficarem espertos, pois temos todos os tipos de Nepotismo Cruzado, lembrando as Cruzadas e a mártir Joana Dark, coitada morreu sem ser culpada.

Vamos alguns exemplos de Nepotismo em Gotham:

O vereador Noturno, aquele que acorda de madrugada, tem um irmão no Desenvolvimento Econômico.

O Vereador Lanterna Verde, até poucos dias antes de ser desalojado da base do governo, tinha a cônjuge nomeada no Hospital de Pronto Socorro de Gotham.

O vereador da Lei e da ordem, tem a esposa trabalhando na cultura do município.

Vereador Robin Hood, um cara da família tradicional tem a atual esposa na secretaria de meio ambiente e a ex-mulher trabalhou em seu gabinete, isso que ele alega que não precisa de seu soldo e que distribui esse valor a quem precisa ou necessite.

Vereador Ciclope tem uma irmã na Saúde e um genro como diretor na Secretaria de Obras da City.

Vereador Magneto (nome bem adequado) tem em seu gabinete a filha de um presidente de uma fundação criada para cuidar de nossa saúde, mas que serve mesmo é como cabide de emprego para os amigos do rei.

O vereador Viking tem um filho e um irmão em altos cargos do legislativo e agregado a isso, também temos a ex-esposa e atual namorada de parentes atuando no executivo, é uma beleza como a família é importante na geração Nórdica.

Temos o vereador Grandão, esse caso é interessante, esse consegue ter uma pessoa de sua relação mandando na Távola, e o que é pior, é que essa pessoa nem nomeada é, mas está lá dando ordens e participando das decisões da casa legislativa.
Ficamos impressionados com tanta “dedicação gratuita”, pois se não é nomeada não deve receber salário. É mesmo muita bondade com a comunidade.

.
O vereador personagem de Walt Disney, por enquanto, tem a esposa na administração, pois parece que está indo para outro partido e deve perder essa regalia, pois já tem um Arlequim faceiro e de olho nesse cargo.

Isso é o que ocorre em Gotham City, hoje, e são apenas alguns exemplos. Algumas coisas não são ilegais, mas são imorais, mas o exemplo já vem do próprio gestor, o Comissário Gordon, que nomeou o filho como secretário e de secretários que tem filhos distribuídos em fundações de saúde, um grande e “rentável” cabide de emprego.

Mas o colega de Qualquer Quente anda por aí investigando e a exemplo da pequena capital, o “capital de giro” de pessoal vai acabar aparecendo.
Depois dizem que não tem dinheiro para nossa caótica saúde, mas esses cargos são frutos da PPP dos Bueiros fétidos de Gotham, esses proventos “parentáveis” bem que poderiam estar salvando vidas.

Tem-se dinheiro para tudo, pois vários empréstimos foram aprovados pela Távola e em troca o que se vê é a imoralidade na distribuição de cargos para parentes no executivo e no legislativo. Mais uma “farrinha” na “cidade do faz e não me conta”.

Tomara que o povo de Gotham veja o que anda acontecendo, isso se alguns não morrerem antes nas filas de hospitais e casas de saúde sucateadas de nossa City.

Nossa página
https://www.facebook.com/noticiasdaaldeiacanoas/

Acesse nosso Grupo
https://chat.whatsapp.com/FqF4mJWVmKA8agL5y0OCGC