Como amenizar o colapso das emergências de Canoas?

Home Como amenizar o colapso das emergências de Canoas?

A rede básica precisa ser mais atuante e eficiente, precisam resgatar a confiança das famílias.
As informações dos pacientes que são atendidos nas unidades de saúde no município de Canoas devem estar dispostas em uma única plataforma informatizada. Onde os profissionais da saúde possam acessar todo o histórico de qualquer unidade em que o paciente estiver consultar.
Sempre que um doente der entrada nos serviços de emergência com um quadro descompensado de alguma patologia crônica, após o atendimento e a liberação o sistema informatizado deve sinalizar a unidade básica de saúde que é responsável por este enfermo.
Atualmente cada grande unidade de saúde contém o seu próprio laboratório de análises clínicas. Poderíamos ter um único laboratório de análises clínicas que atenda todas as unidades de saúde pública do município, este laboratório precisa ser criado em um ponto estratégico da cidade onde consiga dar vazão para as demandas geradas.
Exames de imagens bem como eletro cardiograma entre outros, pode ser interpretados e laudados a distância, através dos serviços de telemedicina. Descentralizando e gerando economia para o município.
Criar o time de resposta rápida. Após os pacientes receberem os primeiros atendimentos na emergência, logo que for definido a intenção do paciente, este deve ser transferido para uma enfermeira que de um suporte em tempo real, monitorando os marcadores sempre que disponíveis com a intenção de liberar o mais breve este paciente para o seu domicílio. Em muitos casos liberar os enfermos para findarem o tratamento medicamentoso em casa.
Redefinir a finalidade das nossas principais portas de emergências.
Hospital de Pronto Socorro (HPSC), somente pacientes oriundos do trauma.
Hospital Nossa Senhora das Graças (HNSG), somente pacientes com agravos clínicos.
Unidades de pronto atendimento UPA Boqueirão e Rio Branco devem atender as demandas espontâneas com a retaguarda do HPSC e HNSG.
Aberturas dos leitos inoperantes no Hospital Universitário (HU).
Reposição do quadro de trabalhadores da saúde que está deficitário, muito abaixo do que é preconizado pelos conselhos das categorias atuantes na saúde.
Qualificação e treinamentos rotineiros para as equipe.

 

Salmos 23
O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará.