19.8 C
Canoas
sexta-feira, agosto 7, 2020

Notice: Array to string conversion in /home/pensereal/public_html/wp-includes/shortcodes.php on line 343
Array

DENUNCIA GRAVE – DESTRUINDO OS SERVIÇOS MÉDICOS EM CANOAS

Leia Mais

Vem aí muita chuva para o RS

Muito sol e clima de verão predominam no Rio Grande do Sul nesta sexta-feira (7) com uma massa de ar seco e quente.

Blitzes de orientação sobre o coronavírus voltam a ocorrer nesta sexta-feira

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) volta a realizar nesta sexta-feira, dia 07, blitzes de orientação sobre a covid-19. Equipes da SMS estarão distribuindo...

Primeiro dia da Feira do Produtor no Novo Esteio tem bom movimento

Toda sexta-feira, Jacir da Silva Pereira, 62 anos, saia do Novo Esteio e ia até o Bairro Santo Inácio fazer compras na tradicional feira...

PF investiga ataques racistas em aulas virtuais de universidades e institutos federais no RS

A Polícia Federal informou que está investigando os ataques racistas que ocorreram durante aulas virtuais de universidades e institutos federais no Rio Grande do...

Relatos dos bastidores da UPA BOQUEIRÃO

 

No final de semana do dia 02.11.2019 e 03.11.2019 a UPA contava nas 24 horas citadas com apenas um médico da especialidade de pediatria, por ordens do coordenador de escala Dr. Alexandre Amorim foi restrito o atendimento para que a demanda fosse suprida. Porém, na segunda-feira dia 04.11.2019 o médico que estava de plantão foi surpreendido por uma visita inusitada do RT ( responsável técnico) da escala que até o momento NUNCA havia ido até a unidade, adentrou seu consultório alegando ter uma reclamação que chegou até a prefeitura tinha tirado o sossego do nobre gestor, eis que então foi colocado a suposta “denúncia” uma paciente classificada pelo protocolo de Manchester como Azul (ficha esta que pelo protocolo pode aguardar 4 horas), havia sido atendida na madrugada após 2 horas. O médico de pronto relatou que estava sozinho e que por ordem do coordenador da escala estava com atendimento restrito e mesmo com a orientação de não atender fichas de baixo risco atendeu a paciente, no prazo que podia.
Seguido deste episódio foi imposto um oficio nas paredes da UPA ( este ofício foi lido no programa Questão de Opnião do dia 12/11/2019) em que todos os médicos da Unidade não teriam direito a horário de almoço em sua jornada de 12 horas e nem intervalos noturno de revezamento, no oficio coloca-se normativas do CREMERS das quais não condizem com a conduta adotada pelo RT Médico Alexandre Paulo Machado de Britto, conforme cópia em anexo. Após está conduta gerou enorme consternação entre os médicos da escala clínica e pediátrica, como um ser humano vai trabalhar sem se alimentar e sem ter minutos de descanso sendo que tem outros colegas no plantão para atender segundo CLT cita em seu artigo 71
“Art. 71 – Em qualquer trabalho contínuo, cuja duração exceda de 6 (seis) horas, é obrigatória a concessão de um intervalo para repouso ou alimentação, o qual será, no mínimo, de 1 (uma) hora e, salvo acordo escrito ou contrato coletivo em contrário, não poderá exceder de 2 (duas) horas.
§ 1º – Não excedendo de 6 (seis) horas o trabalho, será, entretanto, obrigatório um intervalo de 15 (quinze) minutos quando a duração ultrapassar 4 (quatro) horas.
§ 2º – Os intervalos de descanso não serão computados na duração do trabalho.”

Ao terem os médicos se posicionados contrários a esta decisão vem se postergando reunião com os médicos e o desconhecido RT Alexandre Britto, o oficio foi enviado ao presidente do SIMERS no qual o mesmo se posicionou com uma mensagem aos médicos e um oficio porem em análise mais aprofundada deste oficio percebe-se que o mesmo não conta com numeração e sequer foi levado ao CREMERS.
Hoje houve afastamento de um dos médicos atuante na pediatria que constava de mais de 90% da escala, sendo que este foi afastado da escala sem nenhum motivo, em contato com a empresa terceirizada IDEAS a mesma desconhecia o fato, então contatou-se a empresa Saudex terceirizada pelo IDEAS para fechar a escala médica, o administrativo da empresa deixou claro que a decisão não vinha da Saudex e que a mesma não tinha nenhuma reclamação do médico em questão. Ou seja fica claro que se trata de uma perseguição política e de cunho pessoal, pois o médico em questão na semana anterior havia salvo a vida de um RN dos quais sem equipo na upa se utilizou de sua extrema experiência e entubou e estabilizou este RN que poderia ser parte de mais um dos óbitos de nossa cidade, e como bônus recebe um afastamento alegando reclamações do mesmo, ora se existissem reclamações o sabedor delas seria o administrativo da empresa Saudex que é presente na upa diariamente e o mesmo afirmou não ter reclamação nenhuma. Em suma fica claro a perseguição do prefeito para com os médicos do município. Como a própria declaração dele médicos podem ser substituídos.

COPIA DO OFICIO COLOCADO NA UPA BOQUEIRÃO

 

Como diria Boris Casoy: “ISSO É UMA VERGONHA”

More articles

- Advertisement -

Ultimas

Vem aí muita chuva para o RS

Muito sol e clima de verão predominam no Rio Grande do Sul nesta sexta-feira (7) com uma massa de ar seco e quente.

Blitzes de orientação sobre o coronavírus voltam a ocorrer nesta sexta-feira

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) volta a realizar nesta sexta-feira, dia 07, blitzes de orientação sobre a covid-19. Equipes da SMS estarão distribuindo...

Primeiro dia da Feira do Produtor no Novo Esteio tem bom movimento

Toda sexta-feira, Jacir da Silva Pereira, 62 anos, saia do Novo Esteio e ia até o Bairro Santo Inácio fazer compras na tradicional feira...

PF investiga ataques racistas em aulas virtuais de universidades e institutos federais no RS

A Polícia Federal informou que está investigando os ataques racistas que ocorreram durante aulas virtuais de universidades e institutos federais no Rio Grande do...

Prefeitura de Canoas garante no Ministério Público funcionamento do Hospital Graças

Solicitada pela Prefeitura de Canoas, através da Secretaria da Saúde, uma reunião, na tarde desta terça-feira (4), no Ministério Público, garantiu a normalização do...