Home 6351

Foi retirado de pauta o Projeto de Lei que visa garantir crédito suplementar para a Secretaria de Relações institucionais e Comunicação, no valor de DOIS MILHÕES E MEIO DE REAIS. A Prefeitura alega ter tido importantes gastos com publicidade para “informar” a população, como quando fez publicidade para pressionar os Vereadores a aprovarem o empréstimo de aproximadamente duzentos e cinquenta milhões de Reais para obras de estrutura de mobilidade sem um plano de mobilidade. Ou quando gastou em publicidade para colocar os Vereadores contra a opinião pública na PPP, divulgando um “grande projeto” que não foi o que foi aprovado, anterior as mudanças propostas pelo PDT e que o povo não sabe quais são, pois o resultado não foi divulgado e nunca deram publicidade ao aumento que virá na fatura da água.

Os gastos com publicidade permanecem uma verdadeira caixa preta. Nem Vereador é respeitado quando pede informações. Há meses o Vereador Quinho pediu informações para saber quanto que foi gasto em publicidade com a PPP e até hoje, ou não teve resposta, ou não a repassou. Até pouco tempo atrás não tinha resposta de um pedido feito há meses. Agora a Administração tem a pachorra de querer colocar aos Vereadores que precisa de mais crédito do que já possui na pasta, sem sequer respeitar um pedido de informações de um Vereador sobre os valores gastos. Vale lembrar que a Secretaria é conduzida por Rodrigo Ferrari ou Busato, filho do Prefeito, que coordena mais de 100 pessoas em sua Secretaria e que conta com aproximadamente 80 CCs. A comunicação da Prefeitura está muito aquém do que se espera de uma estrutura tão grande e cara. O Prefeito, que possui portas abertas de graça, para responder as perguntas da população e dar suas opiniões, divulgar e informar o que considera necessário ao Município, prefere gastar milhares de Reais com propagandas e vídeos com produções mirabolantes de uma realidade que não vivemos, enquanto sobra tempo para alguns CCs ficarem atacando, alguns com baixíssimo nível, outros de forma criativa e risível, quem critica o Governo. O que não dá é para enganar com publicidade as famílias dos canoenses morrendo nas filas das unidades de saúde, aqueles que dormem no chão dos nosocômios, ou aqueles que precisam de máquinas para fazer exames no mesmo valor que o Prefeito quer gastar em publicidade na Secretaria do seu filho e alguns de seus CCs adestrados.

 

Acesse nossas redes sociais

Facebook: facebook.com/radioreal

Instagram: Instagram.com/radioreal_

YouTube ht:tps://www.youtube.com/channel/UCLagHHmQ97658eOsaeFTR4g

WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/Bp74k0zKMJ5Cd6NYgiTjX6