Qual é o motivo do colapso nas emergências de Canoas?

Home Qual é o motivo do colapso nas emergências de Canoas?

A constante superlotação é um drama diário vivido pela população que procura atendimento nas emergências.
As famílias que necessitam ajuda encontram, uma estrutura precária, longas filas e muitas horas de espera.
Pacientes acomodados nos corredores e até mesmo no chão demostram uma situação caótico, cruel e desumana.
Este quadro vêm se repetindo com muita frequência nos últimos anos.
Causas deste colapso
Falhas graves na gestão das unidades de saúde e até mesmo na gerência dos leitos de retaguarda. O constante fura fila do Sistema Único de Saúde (SUS) prejudica a distribuição de leitos para os enfermos que estão internados de maneira precária nas unidades de emergência.
Deficiência na triagem dos doentes. Com o fechamento de várias unidades de pronto atendimento os pacientes estão sendo destinados para as poucas unidades que ainda mantém suas portas abertas, ocasionando a sobrecarga da estrutura física e mão de obra humana.
Precariedade da infraestrutura. A escassez de monitores, bombas de infusão, ventiladores pulmonares e outros equipamentos hospitalares primordiais, prejudicam o cuidado dos enfermos, aumentando o número de dias de internação.
A falta constante de medicamentos, contribui muito para a piora do quadro de saúde, dificultando o tratamento, o que favorece o aumento do período de internação hospitalar.
Muitos leitos estão fechados por causa do insuficiente quadro de profissionais da saúde. A falta de pessoal leva à sobrecarga dos funcionários, aumento o tempo de espera por atendimento e redução na qualidade dos cuidados prestados, colaborando para o aumento de incidência nos casos de infecção hospitalar.
Grande deficiência na atenção básica, onde as famílias tem muita dificuldade para acessar os serviços, deixando a prevenção de lado tornando os problemas de saúde crônicos e de difícil manejo. A dificuldade na marcação de consultas eletivas nas unidades básicas de saúde (UBS) ou clínicas de saúde da família, sobrecarrega o pronto-socorro, pois os pacientes sabem que ali haverá médicos de plantão.
Salmos 23
O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará.

 

As imagens abaixo falam por si: