14.4 C
Canoas
sexta-feira, agosto 7, 2020

WALT HARRIS: A SUPERAÇÃO DE UM LUTADOR DO UFC

Leia Mais

Vem aí muita chuva para o RS

Muito sol e clima de verão predominam no Rio Grande do Sul nesta sexta-feira (7) com uma massa de ar seco e quente.

Blitzes de orientação sobre o coronavírus voltam a ocorrer nesta sexta-feira

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) volta a realizar nesta sexta-feira, dia 07, blitzes de orientação sobre a covid-19. Equipes da SMS estarão distribuindo...

Primeiro dia da Feira do Produtor no Novo Esteio tem bom movimento

Toda sexta-feira, Jacir da Silva Pereira, 62 anos, saia do Novo Esteio e ia até o Bairro Santo Inácio fazer compras na tradicional feira...

PF investiga ataques racistas em aulas virtuais de universidades e institutos federais no RS

A Polícia Federal informou que está investigando os ataques racistas que ocorreram durante aulas virtuais de universidades e institutos federais no Rio Grande do...

Foto: Douglas P. DeFelice/Getty Images

No duelo dos pesos-pesados, deu Alistar Overeem. O holandês nocauteou Walt Harris na luta principal da noite em Jacksonville, no último sábado, 16. Porém, a rivalidade ficou em segundo plano, nas entrevistas pós-evento, quando Dana White, presidente da entidade, e Overeem enalteceram a presença de Harris – o lutador norte-americano superou a perda da enteada, Aniah Blanchard, 19 anos, no outubro do ano passado.
“Vencendo, empatando ou perdendo, estar aqui nesse evento foi uma vitória para Walt Harris, ele superou esse momento.”, disse, o mandatário do Ultimate, tão logo o evento em Jacksonville foi encerrado.

Ainda no octógono, Overeem se ajoelhou e o abraçou, como um gesto de consolo, não pela vitória que obteve ali, mas pelo que seu adversário conseguiu vencer naquele momento: a perda de um ente querido. Em uma rede social, Harris, o “Big Ticket”, retribuiu a atitude do seu colega de profissão com um post o homenageando: “Você é uma lenda”.

Além disso, Harris relembrou o sonho que teve com a enteada e revelou que seguirá lutando em busca das vitórias, além de amenizar a dor da família. “Você pode apostar que eu vou voltar. Minha menina … papai ama você, e prometo que seguirei tentando. Para sempre Aniah.”, escreveu.

Aniah Blanchard desapareceu no dia 23 de outubro, após ser vista pela última vez em uma loja de conveniência no distrito de Lee Country, na Flórida (EUA). Seus restos mortais foram encontrados pouco mais de um mês depois em uma área florestal. A autópsia confirmou que ela foi morta por um ferimento de arma de fogo.

More articles

- Advertisement -

Ultimas

Vem aí muita chuva para o RS

Muito sol e clima de verão predominam no Rio Grande do Sul nesta sexta-feira (7) com uma massa de ar seco e quente.

Blitzes de orientação sobre o coronavírus voltam a ocorrer nesta sexta-feira

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) volta a realizar nesta sexta-feira, dia 07, blitzes de orientação sobre a covid-19. Equipes da SMS estarão distribuindo...

Primeiro dia da Feira do Produtor no Novo Esteio tem bom movimento

Toda sexta-feira, Jacir da Silva Pereira, 62 anos, saia do Novo Esteio e ia até o Bairro Santo Inácio fazer compras na tradicional feira...

PF investiga ataques racistas em aulas virtuais de universidades e institutos federais no RS

A Polícia Federal informou que está investigando os ataques racistas que ocorreram durante aulas virtuais de universidades e institutos federais no Rio Grande do...

Prefeitura de Canoas garante no Ministério Público funcionamento do Hospital Graças

Solicitada pela Prefeitura de Canoas, através da Secretaria da Saúde, uma reunião, na tarde desta terça-feira (4), no Ministério Público, garantiu a normalização do...